fbpx

Arquivos da categoria: Sobraf News

A pele é indiscutivelmente o maior órgão do corpo humano. Ela é a responsável por proporcionar proteção contra germes, regular a temperatura corporal e também possibilitar sensações táteis, tão importantes para o desenvolvimento de um ser humano. Suas principais camadas incluem a epiderme, a derme a hipoderme que, por estarem diretamente expostas à fatores endógenos necessitam de atenção e cuidados especiais. Nossa pele é única em muitos aspectos e exige preocupação e atenção para que ela continue desempenhando o seu papel de barreira para os outros órgãos, além da necessidade de cuidar de sua aparência, considerando que a sua saúde pode beneficiar a autoestima e saúde mental de grande parte da população. Para compreender mais sobre o papel e importância da pele, continue a leitura. Afinal, por que a pele é importante? Cada centímetro de pele é composto por 19 milhões de células, 650 glândulas sudoríparas, 20 vasos sanguíneos e…

Leia mais

A vitamina D é, na realidade, um pró-hormônio produzido a partir da ação do raio ultravioleta B na pele. Entretanto, de acordo com a ciência, somente a exposição aos raios solares não oferece níveis adequados de Vitamina D para o organismo. Nesse sentido, ao considerar a importância vital da Vitamina D para o pleno funcionamento da fisiologia humana, é necessário possibilitar e encorajar os indivíduos a respeito da importância do equilíbrio nos níveis desse pró-hormônio. Para saber mais, basta seguir a leitura.  Afinal, para que serve a Vitamina D? A vitamina D, como esclarecido inicialmente, é na realidade um hormônio, que, consequentemente, possui funções amplamente relacionadas às atividades hormonais. Suas duas principais formas são a vitamina D2 (ergocalciferol) e a vitamina D3 (colecalciferol).  No fígado, a vitamina D3 é transformada em 25 hidroxi-vitamina D, sendo que essa é a vitamina D medida nos exames de sangue. No entanto, a forma…

Leia mais

O diabetes mellitus, conhecido amplamente como diabetes, é uma doença metabólica representada por níveis elevados de açúcar no sangue. A sua maior consequência é a insuficiência da produção hormonal de insulina ou a impossibilidade de utilização da insulina produzida, o que acarreta no acúmulo de açúcar no sangue, porque ele não pode ser movido para as células para ser armazenado ou utilizado como energia. Por conta disso, o corpo sofre com níveis elevados de açúcar no sangue, promovendo danos aos nervos, olhos, rins e outros órgãos, além de facilitar o desenvolvimento de condições como a obesidade. O 14 de novembro é marcado pelo Dia Mundial do Diabetes e, por conta disso, ao longo deste artigo, trazemos um panorama sobre o diabetes, além de sua relação com maus hábitos alimentares e obesidade. Continue a leitura. Diabetes: conheça os tipos Como citamos anteriormente, o diabetes é uma doença caracterizada principalmente pela presença…

Leia mais

Dormir é um ato essencial, uma necessidade biológica do ser humano. Entretanto, muito se discute a respeito do correto número de horas ou até mesmo sobre a hora certa para dormir e acordar, a fim de garantir um sono de qualidade. Uma base importante para um sono de qualidade é o respeito ao ciclo circadiano, também chamado de ritmo circadiano, o mecanismo responsável por regular as ações do organismo humano de acordo com o dia e a noite. Respeitar o ritmo circadiano é fundamental para a qualidade de vida. Segundo um estudo, a exposição à luz durante a noite prejudica a produção de melatonina, encurtando sua duração em cerca de 90 minutos. Além disso, a luz ambiente apresenta efeitos significativos sobre os níveis de melatonina no organismo, afetando não somente a quantidade, mas também a qualidade do sono desse indivíduo. Isso significa que, até no máximo 23 horas, devemos nos…

Leia mais

Escondido nas paredes do sistema digestivo encontra-se o nosso segundo cérebro. A descoberta sobre essa conexão revolucionou a compreensão da medicina a respeito de ligações entre digestão, humor, emocional e todo o âmbito da saúde de uma pessoa. Conhecido clinicamente como o Sistema Nervoso Entérico, o segundo cérebro é formado por duas camadas finas de mais de 100 milhões de células nervosas que revestem o trato gastrointestinal do esôfago até o reto. Entretanto, qual o papel do segundo cérebro para o pleno funcionamento do organismo humano? Entenda ao longo deste artigo. Por que o intestino é o segundo cérebro?  Ao contrário do nosso cérebro, o SNE não é capaz de pensar e compreender porque tais coisas acontecem, por exemplo. O seu papel encontra-se no controle da digestão, desde a deglutição até a liberação das enzimas responsáveis pela quebra dos alimentos, a sua passagem pelo fluxo sanguíneo, sua absorção e eliminação…

Leia mais

Dados do Instituto Nacional de Câncer apontam o câncer de mama e próstata como os mais frequentes na população brasileira. As estimativas de 2020 representam quase 66 mil casos novos de câncer de mama e próstata. Após esse alto número, aparece o câncer de cólon e reto (41 mil), pulmão (30 mil) e estômago (21 mil). Com este cenário, não cessa a grande pergunta: é possível prevenir o câncer? Mesmo com todas as tecnologias e estudos disponíveis, a cura para o câncer ainda não possui uma pílula ou vacina definida, porém, diversas descobertas apontam para a importância e o poder de hábitos saudáveis para fortalecer essa prevenção. Dessa forma, o estilo de vida e comportamentos individuais podem influenciar positiva ou negativamente a ocorrência de inúmeras doenças, inclusive o câncer. Veja mais ao longo deste artigo. Afinal, é possível prevenir o câncer? Por mais que não existam metodologias específicas para a…

Leia mais

Dados do Instituto Nacional de Câncer apontam que, entre os casos em mulheres brasileiras, 29,7% se manifestam através do câncer de mama.  Segundo a Organização Mundial de Saúde, 30% a 50% dos casos de câncer podem ser prevenidos, através da implementação de estratégias focadas na detecção precoce, além da possibilidade de um maior controle do avanço da doença ao abordar essa metodologia. Alguns tipos de câncer possuem altas chances de cura quando detectados em estágios iniciais e tratados de maneira adequada. Nesse sentido, procurar modificar e prevenir fatores de risco para o desenvolvimento da doença, através do estilo de vida do indivíduo, acarreta significativamente na redução do fardo do câncer. Hábitos saudáveis como a prática de exercícios, alimentação balanceada, gerenciamento de peso e a restrição de práticas nocivas à saúde, como o consumo de álcool e tabagismo, agem em prol da prevenção do desenvolvimento de câncer. Entenda mais ao longo…

Leia mais

Se você acompanha nossos conteúdos, já sabe que o gerenciamento do estresse é um dos importantes pilares para a construção de uma longevidade saudável. No entanto, tendo em vista o estilo de vida que levamos diariamente, surge a questão: como desestressar quando estamos vivendo em um momento extremamente estressante? Vivenciar um período repleto de indecisões, desinformação e ainda por cima consequências graves para a saúde da população, com certeza ocasiona estresse aos indivíduos. Uma breve pesquisa no Google sobre o momento que enfrentamos traz um recado importante: cuide de sua saúde mental. Um estudo realizado pelo Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), publicado pela Revista The Lancet, encontrou evidências de que a mudança brusca de rotina que a pandemia causou na vida e no trabalho das pessoas estimulou impactos significativos para a saúde mental dos envolvidos. Os dados encontrados apontam que os casos de…

Leia mais

A famosa frase “prevenir é melhor do que remediar”, dita pelo filósofo holandês Desiderius Erasmus em 1500 é um dos princípios fundamentais relacionados aos cuidados de saúde a longo prazo. Um estudo recente, realizado nos Estados Unidos, procurou avaliar os custos com a saúde, considerando o elevado número da população idosa atualmente. Segundo os pesquisadores, o envelhecimento precoce precisa ser tratado como uma “doença” e não como uma condição normal. Já é possível pré-definir as consequências da senescência, como a desregulação dos processos e produção hormonal, enfraquecimento dos ossos, tecidos e cognição, além de outras inúmeras patologias que indivíduos idosos estão suscetíveis a desenvolver. Continue a leitura para compreender mais sobre o estudo. Custos com a saúde: envelhecer é inevitável, mas a longevidade saudável é uma opção As mudanças biológicas e os hábitos negativos adotados ao longo da vida levam à deterioração de seu organismo, sistemas e diversas funções necessárias…

Leia mais

A Vitamina B12 não é produzida no organismo humano, porém, desempenha um papel fundamental na manutenção da saúde e incentivo à longevidade saudável. Sua função no organismo está atrelada principalmente ao sistema nervoso central, na manutenção da cognição e prevenção da degeneração das células. Ela também é necessária para a formação de glóbulos vermelhos e síntese de DNA. Além disso, a deficiência de Vitamina B12 pode causar efeitos nocivos a longo prazo, principalmente relacionados à insônia ou estresse. A ingestão de Vitamina B12, mesmo que presente na alimentação de produtos de origem animal, nem sempre é absorvida e introduzida de maneira correta no organismo. Dentro deste contexto, é necessário avaliar a possibilidade de suplementação vitamínica para garantir a melhora de características como energia, memória e até mesmo trabalho de prevenção contra doenças cardíacas. Vitamina B12: por que suplementar? Mesmo que a Vitamina B12 tenha como fonte principal os alimentos de…

Leia mais

20/52